HomeNotíciasAlunos do SMD têm artigo premiado no Symposium on Virtual and Augmented Reality

Alunos do SMD têm artigo premiado no Symposium on Virtual and Augmented Reality

O artigo “Assessing the Experience of Immersion in Electronic Games”, de autoria dos alunos Arthur Silva Bastos e Renata Faria Gomes, foi premiado como melhor trabalho completo na Trilha Pesquisa do Symposium on Virtual and Augmented Reality (SVR) 2017. O artigo apresenta o trabalho desenvolvido por Arthur, com colaboração da Renata, em algumas disciplinas do SMD (dentre elas, Projetos, Interação Humano-Computador, Realidade Virtual e Instalações Multimídia) e que foi tratado também como tema central do trabalho de conclusão de curso (TCC) do aluno. A pesquisa contou com a orientação dos professores Gilvan Maia (da área de Sistemas Multimídia) e Clemilson Santos (da área de Computação Física). O trabalho também foi exposto como um demo interativo para os visitantes do SVR 2017.O artigo “Assessing the Experience of Immersion in Electronic Games”, de autoria dos alunos Arthur Silva Bastos e Renata Faria Gomes, foi premiado como melhor trabalho completo na Trilha Pesquisa do Symposium on Virtual and Augmented Reality (SVR) 2017. O artigo apresenta o trabalho desenvolvido por Arthur, com colaboração da Renata, em algumas disciplinas do SMD (dentre elas, Projetos, Interação Humano-Computador, Realidade Virtual e Instalações Multimídia) e que foi tratado também como tema central do trabalho de conclusão de curso (TCC) do aluno. A pesquisa contou com a orientação dos professores Gilvan Maia (da área de Sistemas Multimídia) e Clemilson Santos (da área de Computação Física). O trabalho também foi exposto como um demo interativo para os visitantes do SVR 2017.

O objetivo da pesquisa foi investigar a experiência imersiva do usuário no contexto de jogos eletrônico para prover insights de game design que tornem os jogos mais efetivamente imersivos na perspectiva dos usuários. Foram analisados títulos representativos sob o aspecto de imersão em realidade mista, na qual o corpo físico do jogador influencia no ambiente virtual. Segundo o professor Maia, o reconhecido mérito do trabalho centra-se na “formulação de hipóteses fora do óbvio sobre imersão, ou seja, sem recorrer a óculos de realidade virtual e empatia com o avatar do jogador. Essa pesquisa foi verificada com um protótipo construído para averiguar cada uma das qualidades potencialmente imersivas usando Kinect e luzes responsivas ao som como grandes diferenciais. A avaliação foi realizada com outros jogos usando observação, formulário e entrevista”.

 

A partir de sua própria experiência de jogador de games sinestésicos, Arthur teve a ideia de inserir LEDs piscando no jogo em desenvolvimento como forma de aprofundar tal experiência dos jogadores. Renata detalha essa etapa do desenvolvimento; “Sou uma aventureira em eletrônica, e podia ajudar o Arthur nisso. O objetivo era fazer com que o LED piscasse junto com a música, o que foi muito difícil e um grande desafio para nós dois. Para a disciplina em curso fizemos de uma forma, mas quando ela acabou passamos quase o outro semestre inteiro estudando para descobrirmos como seria feito da melhor maneira possível. Depois juntamos a fita de LED e o resultado foi fenomenal, a fita contribuía substancialmente para a imersão do jogador no game”. Para o desenvolvimento do jogo, colaboraram também os alunos João Ramos (ilustrações, modelagem e animação) e Caio Bastos (trilha sonora).

 

Segundo Arthur, o trabalho não se encerrará com a premiação. Ele relata que “os próximos passos serão expandir ainda mais o escopo do trabalho, aumentar as considerações, realizar mais testes, entre outros ajustes. Talvez tenhamos a possibilidade de publicar numa revista científica, então devemos agarrar essa oportunidade”.

 

O evento Symposium on Virtual and Augmented Reality (SVR) é a principal conferência em Realidade Virtual e Realidade Aumentada do Brasil. A 19ª edição ocorreu de 1 a 4 de novembro deste ano em Curitiba em conjunto com o SBGames 2017.